Como Reduzir de Maneira Correta o Intervalo para Repouso ou Alimentação dos Colaboradores de uma Empresa

A CLT registra, em seu art. 71, que “em qualquer trabalho contínuo, cuja duração exceda de 6 (seis) horas, é obrigatória a concessão de um intervalo para repouso ou alimentação, o qual será, no mínimo, de 1 (uma) hora e, salvo acordo escrito ou contrato coletivo em contrário, não poderá exceder de 2 (duas) horas”.

Ocorre que a Reforma Trabalhista trouxe duas possibilidades para que o intervalo para repouso ou alimentação seja reduzido de forma válida, o que, outrora, somente poderia ser feito com a autorização expressa da Superintendência Regional do Trabalho e Emprego – SRTE. São elas: 1ª) por acordo ou convenção coletiva de trabalho, com a participação do Sindicato, ou 2ª) por aditamento ao contrato de trabalho, no caso do trabalhador hipersuficiente. (mais…)

Leia Mais

Como ser um Contador de Sucesso sem ter que Investir Quase Nada?

O contador tem sido considerado, por muitos empresários, como um profissional que apenas processa dados e entrega guias de impostos a pagar. Por muitas vezes o trabalho na prestação desse tipo de serviço é desvalorizado e acaba sendo considerado mais uma obrigação para a pessoa que quer empreender do que uma solução.

Diante disso, é evidente que a maioria dos profissionais contábeis não consegue ter os resultados pretendidos, não conseguem escalar os seus negócios e, consequentemente, não evoluem.

E se eu te disser que existe hoje uma solução para que você possa empreender de maneira sustentável, com baixo risco e com zero investimento. (mais…)

Leia Mais

SISCOAF – Sistema de Controle de Atividades Financeiras

Inicialmente é importante entendermos os motivos que levaram o Ministro Humberto Martins, Corregedor Nacional da Justiça, a editar o Provimento 88. O principal motivo é reforçar o sistema nacional de combate à corrupção, criando medidas de prevenção contra os crimes de lavagem de dinheiro e financiamento do terrorismo. Outros motivos são uma série de normas dentre as quais se destacam as recomendações 22 e 23 do GAFI, a Lei 9.613/98, a submissão dos delegatários aos princípios da Administração (art. 37 da CF/88), o dever de colaboração com as autoridades (previsto no artigo 30 da Lei 8.935/94) e principalmente a função de conferir autenticidade, segurança e eficácia aos atos jurídicos (previsto no artigo 1º da Lei 8.935/94). (mais…)

Leia Mais

Quando Reconhecer que está na Hora de Terceirizar meu RH?

Embora muitos empregadores admitam que seus departamentos de Recursos Humanos precisam passar por uma atualização, é recorrente perceber a resistência às mudanças dentro das organizações, isso se dá por que a maior parte das empresas, acreditam que os RHs são um departamento que deve apoiar a gestão e as pessoas, aí mora o maior perigo.

O RH precisa sair do modo apoio e assumir o protagonismo dentro da organização, o mundo caminha em uma era de transformação digital e engajada com as inteligências de negócios, principalmente People Analytics e bigdatas.

(mais…)

Leia Mais

A Importância das Provisões para Cartórios sob Designação

Trata-se de assunto polêmico, mas não podemos deixar de tecer importantes comentários a este respeito.

Com a extinção das delegações, seja qual for o motivo, os serviços destas serventias extrajudiciais retornam ao Estado delegante, assim como determinou o CNJ em sua Resolução nº 80, de 2009.

Todavia, alguns assuntos polêmicos devem ser discutidos, entre eles:

  • Provisão para as rescisões dos contratos de trabalho do período sob designação.
  • Provisão para pagamento das férias e 13º salário, nos casos em que as serventias não tenham renda suficiente para suportar estes encargos, em especial nos meses de novembro e dezembro.

(mais…)

Leia Mais

A Importância do Controle e Monitoramento da Qualidade Interna e Externa

Sabemos que hoje em dia a competição no mercado de trabalho é cada vez maior e um fator que vem ganhando muita importância para a tomada de decisão do cliente no momento da compra de um produto, ou serviço, é a qualidade atrelada a essa nova aquisição.

Para compararmos e mensurarmos a qualidade em uma venda de produto ou de um serviço prestado, devemos ter cuidado, pois um produto pode ser medido pela vida útil, durabilidade, ou seja é algo mais tangível, porém quando falamos de prestação de serviço, depende muito da expectativa e percepção do cliente.

(mais…)

Leia Mais