SISCOAF – Sistema de Controle de Atividades Financeiras

Inicialmente é importante entendermos os motivos que levaram o Ministro Humberto Martins, Corregedor Nacional da Justiça, a editar o Provimento 88. O principal motivo é reforçar o sistema nacional de combate à corrupção, criando medidas de prevenção contra os crimes de lavagem de dinheiro e financiamento do terrorismo. Outros motivos são uma série de normas dentre as quais se destacam as recomendações 22 e 23 do GAFI, a Lei 9.613/98, a submissão dos delegatários aos princípios da Administração (art. 37 da CF/88), o dever de colaboração com as autoridades (previsto no artigo 30 da Lei 8.935/94) e principalmente a função de conferir autenticidade, segurança e eficácia aos atos jurídicos (previsto no artigo 1º da Lei 8.935/94). (mais…)


Share article on

Leia Mais

A Importância das Provisões para Cartórios sob Designação

Trata-se de assunto polêmico, mas não podemos deixar de tecer importantes comentários a este respeito.

Com a extinção das delegações, seja qual for o motivo, os serviços destas serventias extrajudiciais retornam ao Estado delegante, assim como determinou o CNJ em sua Resolução nº 80, de 2009.

Todavia, alguns assuntos polêmicos devem ser discutidos, entre eles:

  • Provisão para as rescisões dos contratos de trabalho do período sob designação.
  • Provisão para pagamento das férias e 13º salário, nos casos em que as serventias não tenham renda suficiente para suportar estes encargos, em especial nos meses de novembro e dezembro.

(mais…)


Share article on

Leia Mais

A Responsabilidade dos Cartórios no Combate às Atividades de Lavagem de Dinheiro e Financiamento do Terrorismo

O Provimento nº 88, de 1º de outubro de 2019, do Conselho Nacional de Justiça – CNJ, estabelece normas gerais sobre as obrigações relativas à prevenção de atividades de lavagem de dinheiro ou a ela relacionadas e de financiamento do terrorismo. (mais…)


Share article on

Leia Mais

Terceirize a DOI com o SERAC

Importante obrigação acessória, que faz parte da rotina de Notários e Registradores, responsáveis pelos Tabelionatos de Notas, pelos Registros de Imóveis, e pelos Registros de Títulos e Documentos, a Declaração sobre Operações Imobiliárias, atualmente disciplinada pela Instrução Normativa 1.112 de 28 de Dezembro de 2010 da Receita Federal do Brasil, ainda é um tema de muita preocupação entre os Titulares das unidades extrajudiciais.

(mais…)


Share article on

Leia Mais

Receita Federal

Receita Federal do Brasil realiza Compliance Tributário com Notários e Registradores Paulistas.

Receita Federal

Assim como aconteceu no Estado de Minas Gerais no final do ano de 2018, a Receita Federal do Brasil convidou Notários e Registradores Paulistas para Reuniões de Conformidade que foram realizadas no mês de agosto de 2019 em algumas regiões do Estado de São Paulo, como foi o caso de Ribeirão Preto, São José do Rio Preto e Capital.

(mais…)


Share article on

Leia Mais

Você (Oficial de Registro de Imóveis) está preparado para o cumprimento do SINTER?

O Sistema Nacional de Gestão de Informações Territoriais (SINTER), instituído pelo Decreto nº 8.764/2016, iniciou sua etapa de recepção de documentos no dia 23 de julho de 2019, de acordo com calendário que vem sendo amplamente divulgado a oficiais registradores pela Receita Federal do Brasil ao longo do último ano, inclusive por meio do Centro Virtual de Atendimento ao Contribuinte (eCAC).

(mais…)


Share article on

Leia Mais