Quando Reconhecer que está na Hora de Terceirizar meu RH?

Embora muitos empregadores admitam que seus departamentos de Recursos Humanos precisam passar por uma atualização, é recorrente perceber a resistência às mudanças dentro das organizações, isso se dá por que a maior parte das empresas, acreditam que os RHs são um departamento que deve apoiar a gestão e as pessoas, aí mora o maior perigo.

O RH precisa sair do modo apoio e assumir o protagonismo dentro da organização, o mundo caminha em uma era de transformação digital e engajada com as inteligências de negócios, principalmente People Analytics e bigdatas.

Essa deve ser a linha que o gestor de RH precisa buscar: alinhar tecnologia à gestão de pessoas, para oferecer indicadores e dados de qualidade, e por meio deles encontrar oportunidades, assumindo assim um protagonismo diante da evolução humana e tecnológica.

Essas habilidades de desenvolvimento humano, são capazes de gerar uma empresa intraempreendedora, onde empresários e empregados, discutem o futuro dos da empresa, novas ideias e tendências.

“Segundo pesquisa realizada entre os dias 01 e 08 de Dezembro de 2020, a consultoria Kenoby, Startup de R&S, apurou que entre os RH’s,  20,7% dos respondentes afirmaram que seu RH não é nada tecnológico e/ou automatizado, 59,5% acreditam que seu RH é mais ou menos tecnológico ou automatizado (somados, os dois representam 80,2%), enquanto apenas 19,7% acreditam que seu RH é totalmente tecnológico ou automatizado. Fonte: https://kenoby.com/blog/jornada-do-rh-digital-pesquisa

Não obstante, o empresário precisa manter o foco de seu negócio, e quando o RH não está 100% preparado para essa mudança de mindset, é importante saber que está na hora de assumir a decisão de colocar nas mãos de empresas comprometidas com essa gestão, as mudanças necessárias para um aumento de performance, e isso envolve Processos, Pessoas e Sistemas, para que o RH tenha uma função mais estratégica. Empresas de terceirização de RH onde o core é a automação de processos, possuem mais condições de oferecer essa jornada em busca do alcance de altos níveis de engajamento e performance.

Os sinais de que o RH da sua empresa está atuando de forma menos estratégica, começam quando há pouca gestão de cargos e salários, mapeamento de competências e identificação de indicadores, falta de comprometimento com o desenvolvimento humano estratégico, falta de alinhamento com os objetivos e metas da organização, e quando o RH atua dessa forma, a empresa começa a ter reflexos financeiros negativos, com rotatividade de pessoal, absenteísmo exacerbado, perda de clientes, atendimento com baixa qualidade, ausência de procedimentos internos, prejuízos com erros, demandas de retrabalhos e horas extras.

Identificou alguma semelhança com a atual gestão do capital humano da sua empresa?

O SERAC possui as ferramentas, serviços e especialistas ideais para transformar a sua organização e está 100% comprometido com o avanço tecnológico no ambiente da gestão do capital humano.


Share article on

Related Post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *