6 formas do serviço de auditorias do SERAC

Conheça as 6 formas do serviço de auditorias do SERAC e saiba como contratar.

6 formas do serviço de auditorias do SERAC

Hodiernamente, temos sido mais procurados por Notários e Registradores Brasileiros para prestar esse tipo de serviço, com a crescente consciência empresarial experimentada por estes profissionais.

Contratam-nos, Notários e Registradores, para a execução de auditorias das mais diversas necessidades, no sentido de conferir segurança ao cumprimento das obrigações a que estão sujeitos.

Contamos com os mais variados especialistas para a realização desse trabalho (confira nossa equipe na próxima publicação), como advogados, contadores, peritos e administradores e estamos em constante estudo e aprendizado.

Termo atual, o “Compliance”, que deriva do verbo “to comply”, em inglês, e significa o esforço corporativo para estar em conformidade com regras, especificações, instruções e regulamentos, vem povoando a mente dos titulares e responsáveis legais dos serviços de Notas e de Registros brasileiros.

Essa atenção que os clientes e potenciais clientes SERAC dispensam ao tema é explicada pela própria atividade a que se prestaram exercer. A prática de atos públicos, delegados pelo poder estatal, exige caráter pessoal e profissionais ilibados.

Assim, o usuário de um serviço público, delegado ao particular, espera deste, para que tenha espeque para a fé pública que acompanha esse tipo de delegação, a correção de caráter profissional e pessoal o que vai ao encontro, do ponto de vista empresarial, ao termo “compliance”.

A seguir, veja as 6 formas de auditoria mais solicitadas ao SERAC:

  • Auditoria Pré-Correição:

Seguimos, nas nossas áreas de especialização, o mesmo roteiro que seguem os magistrados das Corregedorias estaduais, apontando, quando existente, as correções a serem efetuadas. No caso da capital de São Paulo há um “cartilha” de correição disponibilizada pelo órgão sensor que é seguida à risca pelos nossos profissionais. Relatórios sintético e analítico são fornecidos, conforme o caso.

  • Auditoria da Prática dos Atos e Repasses Legais:

Contido na auditoria do item 1 ou contratado individualmente, este é um trabalho que coteja a realização dos atos que são lançados nos sistemas informatizados que por sua vez produzem relatórios e geram as guias dos repasses. Uma falha, involuntária que seja, em relação a esse múnus, já que estamos falando em numerário público, pode acarretar punições severas ao responsável legal pelo serviço.

  • Auditoria Financeira:

Aponta o fluxo dos emolumentos do titular no sentido de evitar desperdícios, fugas de numerário e otimizar a relação receita/despesa da unidade tanto por erro de sistema como por desídia de quem opera o departamento financeiro.

  • Auditoria Tributária:

Verifica, relata e aponta correções das principais responsabilidades tributárias do titular do serviço, quais sejam, o Livro Caixa Fiscal para apuração do Imposto de Renda e a elaboração e entrega da DOI-Declaração de Operações Imobiliárias. Esse trabalho é dispensável quando a execução desse múnus já está a cargo do SERAC pelos contratos de execução.

  • Auditoria Trabalhista:

Este trabalho compreende a análise do cumprimento de todas as obrigações correspondentes à relação de emprego do titular do serviço com seus prepostos. O relatório de auditoria fornecido é essencial para que as eventuais irregularidades sejam sanadas.

  • Auditoria Pré-Assunção da Delegação:

Durante o período de escolha da unidade após a aprovação no concurso de provas e títulos, o concursado se vê na importante tarefa de escolher dentre algumas unidades, a que melhores condições apresente do ponto de vista trabalhista, administrativo e financeiro. O SERAC realiza auditoria nesse sentido para auxiliar o Notário ou Registrador a fazer a escolha mais acertada.

Restou alguma dúvida? Entre em contato com nossa equipe e converse com um especialista.


Share article on

Related Post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.